Você conhece a Batekoo?!

Surgiu como uma festa despretenciosa e que hoje é uma das mais importantes plataformas de entretenimento, cultura e informação com foco na juventude negra e LGBT+ do Brasil.
Movimento periférico que prega o respeito pelo ser humano em suas mais variadas distinções, a BATEKOO foi criada em Salvador em dezembro de 2014 por Mauricio Sacramento e Wesley Miranda. “Era uma festa de aniversário e despedida de Wesley, que estava de mudança para São Paulo”, lembra Marcela Ramos, uma das integrantes do coletivo. “Depois da primeira edição, que foi um sucesso, eles decidiram aprimorar o projeto, estudando as pautas e se adequando às necessidades do nosso público-alvo”.

Atualmente, o principal objetivo da BATEKOO é divulgar a produção cultural da juventude urbana brasileira dentro e fora do País. “Sempre com foco nas pessoas negras e LGBT”, reforça Marcela. “Também divulgamos conhecimentos sobre a diáspora africana, estabelecendo assim um diálogo entre passado e presente para que sejam pensados possíveis futuros de maneira estratégica, visibilizando agentes antes marginalizados.”
A festa organizada pela BATEKOO continua sendo até hoje um importante pilar de fortalecimento dos ideais do coletivo, como liberdade, união, autoestima, ancestralidade e empoderamento, tendo se expandido e conquistado diversas cidades, entre elas Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. “Tivemos que nos adaptar à conjuntura dessas capitais, já que cada uma se comporta de uma forma e cada periferia é diferente.”, explica Wesley. Com isso, o alcance da BATEKOO só aumentou.

A BATEKOO tornou-se tão popular que em 2018 estreou seu trio elétrico no carnaval de São Paulo, recebendo uma multidão de pessoas no centro da cidade. No mesmo ano, o coletivo ganhou um episódio exclusivo da terceira temporada da série Inspire the Night, produzida pela Red Bull TV [assista no player abaixo]. Perto de completar cinco anos, o projeto segue atuando principalmente como divulgador da produção cultural realizada pela juventude urbana em arte, música, dança, moda e educação, entre outras linguagens.
informações do site: https://www.redbull.com/br-pt/batekoo
saiba mais sobre a Batekoo e outras iniciativas de jovens negros no documentário “Afronta”, disponível na Netflix.
trailer: https://youtu.be/RugPjtNRhI0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 4 =